220 500 807 KUIDADOS CONSIGO, 24 HORAS POR DIA, 365 DIAS POR ANO.




O processo natural do envelhecimento causa alterações no pé do idoso, dando origem a várias complicações a nível de coordenação, equilíbrio e marcha.

Cerca de 70% dos idosos com mais de 65 anos acusam dor nos pés, no entanto apenas 40% solicitam apoio médico, porque consideram que não é um problema grave. No entanto, estas complicações nos pés podem, eventualmente, desencadear infeções e doenças, diminuindo a qualidade de vida do idoso.

Assim, torna-se fundamental que os idosos intensifiquem o cuidados com os seus pés. No dia-a-dia devem limpar e examinar os pés, procurando perceber algum tipo de alteração na pele e na unha. Desta forma, é possível manter a mobilidade e independência do idoso.

Problemas de Pés nos Idosos

Como mencionado, os idosos tendem a ter mais problemas nos pés, devido à idade e às doenças associadas ao envelhecimento. As principais causas para alterações podológicas no idoso são:

  • Traumas;
  • Problemas anatómicos do pé;
  • Uso de calçado desadequado;
  • Passar muito tempo de pé;
  • Sedentarismo;
  • Obesidade;
  • Doenças crónicas.

Existem alguns problemas mais recorrentes relativamente à saúde dos pés dos idosos, nomeadamente, o pé diabético, as artroses, as artrites, as calosidades e as onicomicoses.

Pé Diabético
Associado à diabetes, caracteriza-se pela perda de sensibilidade no pé. O idoso não sente dor ou temperatura e o pé seca facilmente, podendo surgir feridas, bolhas, queimaduras ou infeções.

Artroses
Doença degenerativa que afeta a espessura da cartilagem articular. Na ausência de cartilagem, as superfícies ósseas entram em contacto, originando dores e dificuldades motoras.

Artrites
A artrite reumatóide, doença crónica, inflama, danifica e destrói o tecido articular. Causa dores, dificuldades de locomoção, derrame articular, vermelhidão, calor ou dor durante a movimentação.

Calosidades
Os calos são uma camada espessa de células mortas, que se forma pelo esforço a que o pé está sujeito. Existem calos moles, que se desenvolvem entre os dedos, e calos duros, que surgem nas extremidades dos dedos.

Onicomicose
A micose das unhas é uma doença infeciosa causada por fungos nas unhas do idoso. Pode ser causada pela utilização de produtos de beleza ou pelo contacto com agentes externos, como sujidade no chão.

Se estas alterações e doenças não forem tratadas a tempo, poderão afetar negativamente a mobilidade dos idosos e pôr em causa a sua qualidade de vida.

 

Como Cuidar dos Pés dos Idosos

Visitar com regularidade um podologista e adotar alguns hábitos saudáveis é fundamental para cuidar devidamente dos pés dos idosos. Mas é possível realizar pequenas ações para promover o bem estar dos pés do idoso:

  • Lavar os pés diariamente, preferencialmente com sabão neutro;
  • Secar bem, especialmente entre os dedos;
  • Hidratar os pés diariamente com creme adequado;
  • Cortar as unhas dos pés em forma reta;
  • Usar meias de fibras naturais, por exemplo, algodão;
  • Usar calçado de tamanho apropriado;
  • Evitar calçado de tacão alto;
  • Adaptar o calçado à atividade diária, evitando sapatos pontiagudos;
  • Usar os sapatos de forma alternada e deixar arejar de um dia para o outro;
  • Observar eventuais alterações do aspeto da unha (espessura, cor, forma, etc);
  • Evitar andar descalço em lugares públicos.

 

Cuidar dos pés pode ser uma tarefa difícil para os idosos, porque, normalmente, possuem menos flexibilidade e predisposição para examinar e limpar devidamente os pés. Os prestadores de cuidados podem ajudar nestes casos, assegurando os cuidados essenciais para a saúde dos pés dos idosos: limpeza, corte correto das unhas, análise do pé para identificar cortes, feridas ou algum tipo de infeção fúngica.

A Care Kuidados® pode ser um aliado precioso no cuidados de saúde dos pés dos idosos, permitindo que estes se mantenham saudáveis e vivam de forma independente nas suas casas por mais tempo. Para mais informações contacte-nos, teremos muito gosto em fazer parte da sua família!