Ao deparar-se com uma doença degenerativa como o Alzheimer, a vida da pessoa e de quem a rodeia sofre muitas alterações, sendo muitas as questões que se colocam.

Como lidar com a doença? Os esquecimentos e as repetições? Que alterações terei de realizar em casa? Serei capaz de cuidar e prestar o apoio necessário?

Na CARE KUIDADOS temos cuidados especialmente desenhados para ajudar em todas as fases, tentando em cada uma delas fazer com que a evolução da doença seja a mais lenta possível ao mesmo tempo que promovemos a qualidade de vida do doente e da Sua família

Em muitas situações, apenas se recorre a ajuda quando a avanço da doença é já significativo, sendo comum o Alzheimer e outras demências serem confundidos com outras patologias.

O sinal inicial mais comum é o esquecimento frequente de situações e eventos do quotidiano recente. Nomes, reuniões, números de telefone que são usados com frequência. Mas, atenção, nem todo esquecimento é demência, mas toda a demência se inicia com esquecimentos. Por isso, tenha em atenção que:

 

– Esquecimento é quando alguém não se lembra onde guardou a chave do carro;

– Alzheimer é quando alguém não se lembra onde guardou nem para que servem a chave do carro.

– Outro sinal é notado quando surge dificuldade em formar frases e em usar as palavras certas numa conversa, tornando o diálogo difícil de ser compreendido por quem ouve.

 

– A orientação espacial pode ser afetada, sendo a perda de noção dos trajetos do quotidiano, da localização dos locais em casa ou mesmo de locais que se frequenta, indícios de demência.

– A orientação temporal também costuma ser afetada no processo inicial da doença. Esquecimento de data, de dia da semana ou do ano, não simplesmente confundir ou demorar alguns segundos para lembrar-se, mas sim quando não se tem a menor ideia da data atual.

Os doentes que vivem sozinhos enfrentam muitos riscos, desde quedas, esquecimento na toma de medicação, desorientação na rua e a acidentes. É um dilema enfrentado por muitas famílias: equilibrar o respeito pela independência do seu familiar com o medo de que o pior possa acontecer.
Os cuidados da CARE KUIDADOS no Alzheimer e outras demências focam a ajuda nas dificuldades com que as famílias se deparam na convivência com a doença.

As atividades do dia a dia são, muitas vezes, verdadeiros desafios, que são facilmente ultrapassados quando acompanhados por alguém preparado e comprometido em ajudar. É aqui que os cuidados CARE APOIO E CONFORTO em conjunto com os KUIDADOS CONSIGO fazem sentido, na promoção da socialização, na higiene e cuidados pessoais, no apoio ao vestir, na assistência à locomoção prevenindo acidentes, no auxílio de tarefas pessoais e profissionais, na monitorização da toma da medicação, na preparação de refeições, no realizar as compras e na informação à família e até no acompanhamento a consultas médicas.

No Alzheimer como noutras doenças crónicas e degenerativas a melhor forma de retardar o seu avanço é através da estimulação física e cognitiva.

Na CARE KUIDADOS através de uma equipa multidisciplinar e dos Seus cuidadores especialmente habilitados para apoiar utentes e famílias com estas patologias, desenvolvemos todos os cuidados para que o Seu familiar esteja ativo.

Através de técnicas simples como pedindo ajuda para desenvolver uma tarefa, seja passando por uma fotografia e pedindo para falar um pouco sobre a mesma, seja percebendo os gostos no exterior e estimulando as saídas ou até mesmo através da criação de rotinas bem definidas no dia-a-dia ou pela utilização de um calendário em que todos os dias riscamos o dia em que estamos, conseguimos manter o utente atento e focado promovendo o Seu bem estar.